Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo

Sinfonia Italiana

Grande Auditório do Centro Cultural de Belém
Dom 29 Out 17:00

12,50€ a 25€

Bilhetes à venda

Pela primeira vez, o maestro Enrico Onofri e a Orquestra Metropolitana de Lisboa interpretam juntos a mais célebre sinfonia inspirada em terras de Itália. Mas a viagem começa antes disso, com uma sinfonia dedicada em 1788 ao Rei da Prússia e selada em Espanha, onde Boccherini viveu as últimas quatro décadas da sua vida. O compositor italiano deixou-nos também uma dúzia de concertos para violoncelo. O Concerto em Si Bemol Maior terá sido composto por volta de 1770 e deve a sua popularidade à desenvoltura melódica do primeiro andamento, o que o torna incontornável no repertório dos grandes virtuosos do nosso tempo. É o caso da jovem violoncelista austríaca Julia Hagen. Seguem-se, por fim, as memórias recolhidas por Mendelssohn em 1830 aquando da sua visita a cidades como Veneza, Roma, Nápoles, Génova e Milão. Neste concerto temos a oportunidade de ouvir uma versão da Sinfonia Italiana ligeiramente diferente daquela que nos é familiar, de acordo com as revisões esboçadas pelo próprio compositor em 1834.

 

Sinfonia Italiana
Orquestra Metropolitana de Lisboa

L. Boccherini Sinfonia N.º 26, G. 519
L. Boccherini Concerto para Violoncelo N.º 9, G. 482
F. Mendelssohn Sinfonia N.º 4, Italiana (rev. 1834)

Julia Hagen violoncelo
Enrico Onofri maestro

 

Coprodução: CCB