Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo
Mosaico de Orfeu conservado no Museu Antiquarium Turritano em Porto Torres (Itália) : Fonte: Wikimedia Commons

25/05/2020

O Piano de Orfeu

O Concerto para Piano e Orquestra N.º 4 de L. v. Beethoven esconde alguns mistérios. Por exemplo, nunca saberemos se o compositor pretendeu, efetivamente, retratar o mito de Orfeu no 2.º andamento.

Ler Mais
Mapa de Itália em 1828 Fonte: www.davidrumsey.com

24/05/2020

A Sinfonia Italiana

Entre todas aquelas que Felix Mendelssohn escreveu, a Sinfonia Italiana é a que se tornou mais popular e mais apreciada pelos especialistas.

Ler Mais
Felix Mendelssohn | Retrato de Horace Vernet | 1831 | Fonte: Wikimedia Commons

24/05/2020

O Sinfonista Mendelssohn

A Sinfonia Italiana ilustra bem o posicionamento de Mendelssohn no contexto do repertório sinfónico do século XIX.

Ler Mais
Krzysztof Penderecki (1933-2020) | Fotografia de 2008 | Fonte: Wikimedia Commons

29/03/2020

Música com Rosto Humano

Diante das notas em papel pautado, o compositor polaco Krzysztof Penderecki deu sempre primazia a um espírito de busca insaciável, à intensidade expressiva e emocional, a uma música com rosto humano.

Ler Mais
Kaija Saariaho | Foto de Andrew Campbell | Fonte: www.saariaho.org

29/02/2020

A Asa do Sonho

Para compor «L’aile du songe», uma obra de 2001 para flauta solo, harpa, celesta, percussões e cordas, Kaija Saariaho inspirou-se num poema com alusões de caráter impressionista sobre a vida dos pássaros no seu habitat natural.

Ler Mais
Piotr Ilitch Tchaikovsky em 1890 | Fonte: Wikimedia Commons

28/02/2020

Souvenir de Florence

Datado de 1890, o Op. 70 Piotr Ilitch Tchaikovsky, «Souvenir de Florence» («Recordação de Florença»), deve o seu título à melodia que predomina no segundo andamento.

Ler Mais
Edvard Grieg em 1886 | | Fonte: Wikimedia Commons

28/02/2020

Duas Melodias Elegíacas

Nas «Duas Melodias Elegíacas» de Edvard Grieg, vislumbram-se palavras que falam de sofrimento e de morte, mas com uma paz de espírito que só as alegorias da natureza alcançam. A música toma-lhes o lugar, e acrescenta-lhes coisas que sempre ficam por dizer.

Ler Mais
Retrato de Claude Debussy em 1884 | Pintura de Marcel Baschet | Fonte: Wikimedia Commons

26/02/2020

O Prelúdio de Debussy

A música de Debussy influenciou muito repertório subsequente. Para muitos, o «Prelúdio à Sesta de um Fauno» representa o início do modernismo musical.

Ler Mais
Retrato de Stéphane Mallarmé pintado por Édouard Manet em 1876 | Fonte: Wikimedia Commons

26/02/2020

L’après-midi d’un faune

O poema «L’après-midi d’un faune» de Stéphane Mallarmé desenrola-se em torno da figura de um fauno estendido no chão da floresta e abandonado num encantamento erótico. Em 1894, o compositor Claude Debussy inspirou-se nesse imaginário para compor partitura orquestral sublime.

Ler Mais
O compositor Luís Freitas Branco | Fonte: www.mpmp.pt

26/02/2020

A Sinfonia Gregoriana

A Sinfonia N.º 2 de Luís de Freitas Branco «dialoga» com a tradição musical clássica, mas também com referências mais distantes, designadamente o Canto Gregoriano.

Ler Mais
«Les barricades mystérieuses» | Pintura de René Magritte (1961) | Fonte: www.flickr.com

26/02/2020

As Barricadas Misteriosas

Em 1980, o compositor italiano Luca Francesconi aceitou o desafio de desvendar os enigmas de «Les barricades mystérieuses», a célebre miniatura musical composta em 1717 por François Couperin.

Ler Mais
Nijinski como o fauno, retratado por Léon Bakst | Fonte: Wikimedia Commons

25/02/2020

O Fauno de Nijinski

O «Prelúdio à Sesta de um Fauno» de Debussy foi estreado a 22 de dezembro de 1894, em Paris, com grande impacto junto do público e da comunidade artística. Em 1912, o bailarino Vaslav Nijinski propôs-se fazer uma coreografia no Théâtre du Châtelet.

Ler Mais