Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo

LCM009

Unidade curricular: Análise Musical IV
Código: LCM009
ECTS: 2
Área Científica: Ciências Musicais


Objetivos de Aprendizagem

> Nesta UC os estudantes deverão continuar o estudo da evolução da linguagem tonal durante o Romantismo. É dada continuidade à prática da análise de fugas ao estilo de J. S. Bach.

> Estudam-se os princípios fundamentais do Baixo-Cifrado e a abordagem a outras formas de cifragem harmónica em uso atualmente.

> Abordam-se noções de como utilizar a notação musical de forma correta, adquirindo-se alguns conhecimentos nessa área.


Conteúdos Programáticos

> Aprofundamento do estudo da utilização de elementos cromáticos na harmonia tonal (continuação);

> Aprofundamento do estudo das modulações e suas implicações no plano tonal das obras do período Romântico;

> A técnica da fuga (continuação);

> Princípios fundamentais da técnica do Baixo-Cifrado e exemplos da sua utilização;

> Regras básicas da notação musical.


Metodologias de Ensino

O semestre consiste em 14 sessões de uma hora e meia. Uma lista de repertório a analisar é previamente enviada aos estudantes. Os estudantes, em cada aula, são levados a analisar uma obra ou um fragmento de uma obra. Sempre que necessário, são abordados separadamente aspetos técnicos relacionados com a matéria dada.


Bibliografia

Adler, Samuel (2002). The Study of Orchestration. Nova Iorque: W. W. Norton & Company

Aldwell, Edward and Schachter, Carl (2003). Harmony and Voice-Leading (3ª ed). Belmont, CA: Schirmer

Bochmann, Christopher (2003). A Linguagem Harmónica do Tonalismo. Lisboa: Juventude Musical Portuguesa

Bochmann, Christopher (2006). A Linguagem Harmónica do Tonalismo. Análises e Exercícios. Lisboa: Juventude Musical Portuguesa

Butterworth, Anna (1999). Harmony in Practice. London: Associated Board

Caplin, William (1998). Classical Form: A Theory of Formal Functions for the Instrumental Music of Haydn, Mozart and Beethoven. Nova Iorque: Oxford University Press

Clendinning, Jane Piper and West Marvin, Elisabeth (2011). The Musician’s Guide to Theory and Analysis, 2nd ed. New York: W. W. Norton

Cook, Nicholas (1994). A Guide to Musical Analysis, 2ª ed. Oxford: Oxford University Press

Dunsby, Jonathan and Whittall, Arnold (1988). Music Analysis in Theory and Practice. London: Faber Music Ltd

Lamas, Elisa (2006). Sebenta de Harmonia com vista à realização do Baixo-Cifrado- Lisboa: Juventude Musical Portuguesa

Hepokoski, James and Darcy, Warren (2011) Elements of Sonata Theory: Norms, Types and Deformations in the Late Eighteenth-Century Sonata. Oxford: Oxford University Press

Ijzerman, Job (2018). Harmony, counterpoint, partimento – A new method inspired by old masters. Oxford: Oxford University Press

Rosen, Charles (1988). Sonata Forms. Nova Iorque: W. W. Norton & Company

Rosen, Charles (1998). The Classical Style – Haydn, Mozart Beethoven. Nova Iorque: W. W. Norton & Company

Sacramento, José Guilherme (2007). Notação Musical – Manual para escrita, edição e revisão. Oeiras: Notação XXI

Schoenberg, Arnold (1967). Fundamentals of Musical Composition, ed. Gerald Strang and Leonard Stein. London: Faber and Faber


Equipa Docente
Emanuel Frazão