Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo

PAM - Direção de Orquestra

Opção de Direção de Orquestra

PROVAS DE APTIDÃO MUSICAL
(PRÉ-REQUISITOS)

Primeira fase

Formação Auditiva
– Reconhecimento auditivo de intervalos e de acordes de 3 e de 4 sons.
– Memorização auditiva, seguida da reprodução escrita da mesma frase musical.
– Ditado rítmico percutido a 1 e a 2 vozes.
– Ditado instrumental (pelo menos a 2 vozes).
 

Analise Musical
– Uma análise de um coral relativamente aos elementos seguintes: percurso tonal, funções tonais (graus), cadências e ornamentação.
– Esquematização de duas ou três formas musicais típicas de qualquer época, corrente ou movimento musical no contexto da cultura erudita ocidental.
– Uma análise concisa de uma partitura relativamente aos tópicos, aspetos, e elementos seguintes: identificação da instrumentação (com especial atenção a instrumentos transpositores) e de indicações técnicas e expressivas associadas a (grupos de) instrumentos específicos; linha melódica/temas e seu fraseado; dinâmica e agógica; harmonia; ritmo e tempo musical; orquestração. No fim da análise é pedido um comentário acerca do estilo, época e compositor; tratando-se de uma obra-chave oficialmente prevista no programa da disciplina de Análise e Técnicas de Composição dos cursos secundários de música da Portaria 243-B/2012, de 13 de agosto, poderá ser solicitada a sua designação exata.
 

História da Música
– A identificação, relacionação e/ou a definição concisa, em história da música ocidental até ao final do séc. XX: de épocas artísticas, movimentos, correntes e subcorrentes estéticas, escolas e tendências; de compositores, intérpretes, teóricos, libretistas e críticos musicais; de obras musicais-chave, tratados fundamentais, ou de outra documentação de particular relevância (por exemplo: artigos, manifestos, cancioneiros, coletâneas de repertório); de conceitos técnicos e/ou estilísticos relevantes e terminologia específica.
– A identificação auditiva, por resposta de escolha múltipla, de excertos gravados de obras musicais de diferentes quadrantes temporais, geográficos, estilísticos e estéticos da História da Música Ocidental, num máximo de dez excertos.
 

Formação Auditiva (especifica)
– Ditado instrumental polifónico.
– Deteção de erros. (Esta prova realiza-se na presença de um quarteto de cordas que executa um excerto com alguns erros, que deverão ser corrigidos na partitura original pelo candidato).
– Análise auditiva.
 

Analise Musical Especializada
A prova de análise musical especializada incide sobre uma obra do repertório orquestral, mormente sinfónico e no âmbito da música erudita, a qual é preparada durante 40 minutos, sendo de seguida exposta oralmente ao Júri que poderá interrogar o candidato.

 

Execução ao Piano
A prova de execução ao piano incide sobre apresentação ao piano de três partituras com 2, 3 e 4 pentagramas, quais são preparados durante 40 minutos, sendo de seguida apresentadas ao Júri que poderá interrogar o candidato.

 

Segunda fase

Direção de Orquestra
A prova de direção de orquestra, é realizada normalmente no mês de julho, em data a determinar pelo órgão estatutariamente competente.

A prova de direção de orquestra consiste na regência de uma obra ou parte de uma obra do repertório sinfónico orquestral, sem ensaio prévio. A prova tem uma duração de 10-15 minutos. A obra para exame de admissão de Direção de Orquestra é publicada nesta pagina com 2 meses de antecedência a data da prova.

As Provas de Aptidão Musical serão realizadas em regime presencial.
A Prova Instrumental é realizada presencialmente. O acompanhamento ao piano das obras que assim o exijam não é obrigatório.

A obra para exame de admissão de Direção de Orquestra 2024/2025
Franz Schubert Sinfonia Nº 4 “Trágica” – 1º Andamento