Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo
Concertantemente...

Três Concertos

Picadeiro Real do Museu dos Coches
Sáb 27 Mai 17:00

15€

Bilhetes à venda

Os anos que se seguiram à Segunda Grande Guerra traduziram-se em grandes mudanças civilizacionais, também em matéria de Música. Quer os compositores mais jovens quer os mais experientes, todos tiveram que se posicionar esteticamente diante de um mundo novo. Joly Braga Santos e György Ligeti estavam então no início das respetivas carreiras. Neste programa temos a oportunidade de ouvir obras de ambos, igualmente datadas de 1951. Braga Santos já tivera a oportunidade de estudar algum tempo em Itália e optou nessa fase por uma escrita eminentemente melódica, por vezes modal e com formas clássicas, como acontece no Concerto para Cordas. Por sua vez, Ligeti encontrava-se a estudar na Academia de Música de Budapeste e, com este Concerto Romanesco, recuperava músicas tradicionais, na linhagem de Enescu e Bartók. Pelo meio, António Chagas Rosa estreia a sua segunda criação com a OML, desta vez um Concerto para Violino.

Três Concertos 
Orquestra Metropolitana de Lisboa

J. Braga Santos Concerto para Cordas em Ré 
António Chagas Rosa Concerto para Violino e Orquestra (estreia absoluta)
G. Ligeti Concerto Romanesco

José Pereira violino
Pedro Neves maestro

Em Destaque