Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo
Ciclo Páginas Sinfónicas

A Canção da Terra

Grande Auditório do Centro Cultural de Belém
Dom 13 Mar 17:00

12,50€ a 25€

Bilhetes à venda

A Canção da Terra tem um formato híbrido, algures achado entre a sinfonia e o ciclo de canções. Foi composta há pouco mais de um século, altura em que se vivia na Europa uma mudança profunda de paradigmas, também nos universos intelectual e artístico. Gustav Mahler mantinha o vínculo com o passado, mas buscava alternativas. Sobrepôs ostensivamente alusões dispersas, conotadas com a natureza, com a poesia, com a filosofia, com a vida pessoal, com tradições populares e até mesmo com exotismos emprestados de culturas distantes. Juntou o canto lírico e a orquestra num exercício de erudição com tremenda densidade expressiva. Antes disso, temos a oportunidade de deambular pelas texturas tímbricas de Tua Lágrima em Mim, uma composição de Ana Seara datada de 2009 que, com passos firmes, tem vindo a tornar-se repertório recorrente nas salas de concerto.

 

A Canção da Terra 
Orquestra Metropolitana de Lisboa

Ana Seara Tua Lágrima em Mim
G. Mahler Das Lied von der Erde (A Canção da Terra) (arr. G. Cortese) 

Cátia Moreso contralto, Leonel Pinheiro tenor
Sylvain Gasançon  maestro

Em Destaque