Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo

100 Anos de JOLY, 50 Anos de ABRIL

Auditório Escola Secundária Luís Freitas Branco (Paço de Arcos) 
Sáb 25 Mai 21:30

Assinala-se em 2024 duas efemérides, duas importantes datas da História Portuguesa do século XX, o centenário do nascimento do mais relevante compositor Português deste período, Joly Braga Santos, e os 50 anos do fim do regime ditatorial do Estado Novo, 25 de Abril.

O Ensemble de Saxofones da Metropolitana pretende, assim, juntar-se as estas importantes comemorações, com o concerto «100 Anos de Joly, 50 Anos de Abril» e a gravação e edição de um trabalho discográfico homónimo, com direção musical do maestro João Malha e direção artística de João Pedro Silva. 

O alinhamento contará com uma exclusiva e nova versão do Divertimento N.º 1 para Orquestra de Joly Braga Santos com um arranjo para 30 saxofones de Rafael Baptista, a estreia absoluta de duas obras dedicadas a Abril, E Depois de Abril, de Rafael Baptista, e Mágoa Benta, de Manuel Teles, ambos músicos do ESM, numa narrativa forte e abstrata, contemplando Abril aos olhos de dois jovens compositores. A simbiose entre vozes e saxofones fará soar a música de Fernando Lopes Graça e José Afonso, com arranjos surpreendentes de Lino Guerreiro. Por fim, música original para ensemble de saxofones por Luís Tinoco e Tomás Marques. 

O Ensemble de saxofones da Metropolitana é uma das formações provenientes do projeto educativo da AMEC/Metropolitana, que tenta criar uma relação sólida entre a performance e a pedagogia musical, composto por alunos e ex-alunos da Escola Profissional Metropolitana e Conservatório Regional de Palmela. Move este coletivo a paixão comum por fazer música, o saxofone e a amizade, simbiose sempre presente na energia e coesão com que se apresenta ao vivo em concerto.

 

 

100 Anos de JOLY, 50 Anos de ABRIL
Ensemble de Saxofones da Metropolitana
[Participação de alunos do Conservatório Regional de Palmela e Academia de Música de Óbidos]

Fernando Lopes Graça Acordai! (arr. Lino Guerreiro *)
Joly Braga Santos Divertimento N.º 1 (arr. Rafael Baptista)
Luís Tinoco Short Cuts
Tomás Marques Morsy
Lino Guerreiro Grooving On
Manuel Teles Mágoa Benta
Rafael Baptista E Depois de Abril *

José Afonso Grândola Vila Morena (arr. Lino Guerreiro *)

* estreia absoluta 

João Malha direção musical
João Pedro Silva direção artística

Em Destaque