Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo

Fernando Llopis

Tímpanos

Fernando Llopis Mata finalizou os estudos de Percussão no Conservatório Superior de Música de Aragão com classificação máxima, sob a orientação de César Peris e de Lorenzo Ferrándiz. Estudou no Conservatório de Amesterdão com Jan Pustjens, Gustavo Gimeno e Nick Woud, da Orquestra Real do Concertgebouw. Concluiu o curso de pós-graduação no Conservatório Superior de Música de Aragão com Wieland Welzel, Franz Schindlbeck (Filarmónica de Berlim) e Jean Geoffroy (Solista e professor no Conservatório de Lyon). Frequentou durante toda a sua  formação masterclasses com prestigiados percussionistas, tais como Joan Iborra, Josep Vicent, Rafa Mas, Juanjo Guillem, Bill Linwood, John Beck, Rainer Seegers, Simon Carrington, Mike Quinn e Kurt Hans Goedicke. Foi laureado com o Prémio do Concurso de Jovens Intérpretes da Ibercaja em Zaragoza no ano 2003 e 2006, recebendo bolsas de estudo para aperfeiçoamento.

Foi membro da Joven Orquesta Nacional de España (JONDE) e da European Union Youth Orchestra (EUYO). Em 2009, integrou a Orquestra de Jovens Gustav Mahler ( GMJO). Com estas orquestras, teve a oportunidade de realizar concertos em salas como a Filarmónica de Berlim, a Concertgebouw de Amesterdão, o Teatro alla Scala de Milão e a Musikverein de Viena. Tem colaborado com várias orquestras profissionais, entre as quais a Orquestra de Cadaqués, a Orquestra Sinfónica de Barcelona, a Real Filarmonia da Galiza, a Sinfónica de Navarra, Orquestra da Extremadura, a Sinfónica de Euskadi, o Grupo Enigma, o Plural Ensemble, a Orquestra Sinfónica da Rádio Televisão Espanhola (RTVE), a Orquestra Filarmónica de Grã-Canária, a Orquestra Sinfónica de Castela e Leão, a Orquestra Sinfónica de Amesterdão, a Orquestra Sinfónica do Norte dos Países Baixos, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra Filarmónica de Israel e a Orquestra Real do Concertgebouw.

Foi professor convidado na ESMAE, e na Universidade de Aveiro durante vários anos letivos. Orientou masterclasses na Escola Superior de Música de Lisboa e, atualmente, é professor de tímpanos na Academia Nacional Superior de Orquestra.

Desde o ano 2009, ocupa o lugar de Timpaneiro e Chefe de Naipe na Orquestra Metropolitana de Lisboa.