Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo

Fernando Llopis

Percussão

Nasceu em Zaragoza em 1984 e, aos seis anos de idade, começou a estudar música com o seu pai, Andrés Llopis.

Em 2006, finalizou os estudos de Percussão no Conservatório Superior de Música de Aragón com Matrícula de Honor (nota máxima), com os professores César Peris e Lorenzo Ferrándiz. Foi convidado e membro, entre outras formações, da Orquestra de Jovens Nacional da Espanha (JONDE) de 1999 até 2004.

De 2005 até 2008, foi membro da Orquestra de Jovens da União Europeia (EUYO).Em 2009, integrou a Orquestra de Jovens Gustav Mahler. Neste período, trabalhou com os professores Joan Iborra, Josep Vicent, Bill Linwood, John Beck, Rainer Seegers, Simon Carrington e Mike Quinn. Tem colaborado com diversas orquestras profissionais: Real Filarmonia de Galicia, Sinfonica de Navarra, Orquestra de Extremadura, Sinfónica de Euskadi, Grupo Enigma, Orquestra de Cadaqués, Amsterdam Symphony Orchestra, Orquestra Gulbenkian, Israel Philharmonic Orchestra e Royal Concertgebouw Orchestra.

Em 2003 e 2006, ganhou uma das bolsas de estudo da Ibercaja em Zaragoza, para continuação de estudos de aperfeiçoamento, através do concurso Jóvenes Intérpretes de Espanha. No ano letivo 2006-2007, estudou no Conservatório de Amesterdão com Jan Pustjens, Gustavo Gimeno e Nick Woud da Royal Concertgebouw Orchestra. Concluiu o curso de pós-graduação no ano letivo 2008-2009 com Wieland Welzel, Franz Schindlbeck e Jean Geoffroy no Conservatório Superior de Música de Aragón.

Atualmente, ocupa o lugar de Timpaneiro na Orquestra Metropolitana de Lisboa.