Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

concordo

Francisco Sassetti

Pianista Acompanhador Piano

Natural de Lisboa, Francisco Sassetti iniciou os seus estudos musicais com Maria Fernanda Costa. Concluiu o Curso Geral de Piano do Conservatório Nacional de Lisboa na classe de piano de Dinorah Leitão, e a Escola Superior de Música de Lisboa, na classe da pianista Tânia Achot. Ingressou no College Conservatory of Music da Universidade de Cincinnatti (EUA) onde obteve, em 1995, o Mestrado em Piano Performance na classe de Eugene Pridonoff. Realizou ainda estudos com Olga Prats, Marie Antoinette Levécque de Freitas Branco, Franck Weinstock, Sequeira Costa, Dmitri Papemo e Olivier Jacquon.

Iniciou a carreira de concertista no São Luiz Teatro Municipal em Lisboa, em 1988, e desde então tem-se apresentado sobretudo como pianista acompanhador, mas também a solo ou integrado em grupos de música de câmara. Apresentou-se em Portugal Continental e, ainda, em Espanha, Alemanha, França, Bélgica, E.U.A. e Uruguai. Tem trabalhado com centenas de músicos nacionais e estrangeiros, incluindo a grande maioria dos melhores cantores nacionais das últimas décadas.Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian e da Universidade de Cincinnatti. Foi ainda premiado no 1.º Concurso da Juventude Musical Portuguesa (1988). Gravou com a cantora alemã Ute Lemper para o filme francês Aurelien, para a rádio clássica de Cincinnatti (1995) e diversas vezes para a Antena 2. Gravou ainda diversos CD: «O Fim-Ópera Íntima» (2005) com música de Carlos Marecos, «Vamos Cantar os Clássicos» (2009), «Voyage» (2002) e «A História de Babar e o Polegarzinho» (2011) com Catarina Molder, «A Doce Gotinha» (2012) de Emanuel Andrade, «Brumas» (2010) com a cantora Ângela Silva e o trompista Paulo Guerreiro e «Cantando Para Vós», 2014, com Margarida Pinto Basto.

Apresentou-se com a Orquestra Sinfonietta de Lisboa, a Filarmonia das Beiras, e ainda com o Coro do Teatro Nacional de S. Carlos, o Coral Regina Coeli, o Coral Luísa Todi, o Lisboa Cantat, o Coro da Universidade de Lisboa e o Coro Públia Hortênsia, entre muitos outros. Dirigiu com Helena Vieira o coro Jovens Vozes de Lisboa em 2011 e 2012, para o qual escreveu o musical Muxima, com encenação de Rita Ribeiro e coreografia de Kelly Maiolle, que contou com a participação de Bernardo Sassetti.

Tem feito a estreia mundial de diversas obras de compositores portugueses e nos últimos anos tem-se dedicado à composição de peças para piano.

Desde 1997 integra o corpo docente da Escola Superior de Música de Lisboa, como pianista acompanhador e é ainda pianista acompanhador na Escola Profissional Metropolitana.