Jorge Vaz de Carvalho

facebook Instagram Youtube

Solistas

Jorge Vaz de Carvalho


Jorge Vaz de Carvalho



Jorge Vaz de Carvalho

Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, Mestre em Literaturas Comparadas e Doutorado em Estudos de Cultura, vem revelando um notável e multifacetado percurso no panorama cultural português. A sua obra literária inclui poesia, conto, ensaio e tradução.

 

Estreou-se como cantor lírico em 1984, no Teatro Nacional de São Carlos de Lisboa. Desde então, interpretou inúmeros papéis principais, sobretudo em óperas de Mozart, Rossini, Donizetti, Verdi, Puccini, Bizet, Gounod, Massenet ou Wagner, em países como a Alemanha, Austrália, Bélgica, China e Macau, Croácia, Espanha, França, Inglaterra, Israel, Itália, Líbia ou Japão. Artista eclético, o seu vasto repertório inclui opereta e musical americano, apresenta-se regularmente em recital e a atividade concertística abrange todos os principais compositores, do barroco à música contemporânea.

 

Dedicado aos compositores portugueses, vem protagonizando, gravando e criando diversas obras, algumas das quais lhe são especialmente dedicadas.

 

Colaborador do Círculo Portuense de Ópera, desempenhou nas suas produções diversos papéis principais e encenou, no Coliseu do Porto, as óperas La Bohème de Puccini e Carmen de Bizet.

 

É assiduamente convidado para ministrar master-classes de voz e de interpretação operática e para júri de importantes concursos nacionais e internacionais de canto.

 

Com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, vem assumindo a direcção cénica e vocal dos Ateliers de Ópera, tendo levado à cena as óperas Le Nozze di Figaro, Don Giovanni e Così Fan Tutte.

 

Foi Director da Orquestra Nacional do Porto entre 1999 e 2006, tendo liderado a construção da formação sinfónica, e Director do Instituto das Artes entre 2005 e 2007.

 

É professor da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica de Lisboa.