Uma Orquestra, Três Escolas.
 
Não consegue visualizar a newsletter? Clique aqui
 
Metropolitana facebook Instagram Youtube
 
 

 

Alunos da Metropolitana ganham
Prémio Jovens Músicos da Antena 2


Dois estudantes da Escola Profissional Metropolitana venceram sexta-feira o mais reputado prémio nacional de música clássica.  Manuel Teles e Paulo Amendoeira conquistaram o prémio em agrupamento de música de câmara.

 

 

O Astrus Duo, constituído por Manuel Teles (saxofone) e por Paulo Amendoeira (percussão) ganharam, sexta-feira, o Prémio Jovens Músicos da Antena 2, na categoria Música de Câmara Nível Médio.

 

Nas finais do prestigiado troféu, organizado pela empresa pública de rádio e televisão, o dueto de jovens músicos da Metropolitana apresentou na Casa da Música, no Porto, um repertório diversificado e de grande qualidade que conquistou os jurados.

 

“Tudo podia acontecer. Não estávamos nervosos, embora sempre que se chega à final de um concurso como este, todos os grupos estão em condições de ganhar”, contou ao nosso site Manuel Teles, 17 anos, aluno do 11.º ano da EPM, e que em maio já tinha sido galardoado com o Prémio Inatel.

 

O jovem reconhece que este Prémio Jovem Músico “é muito importante, mas o mais relevante é a possibilidade de cada músico mostrar a sua identidade”. “Preocupo-me mais com a qualidade do caminho, em mostrar uma identidade, do que com os prémios”, admitiu.

 

“Tínhamos um repertório forte e diferente, que ia do jazz à música clássica, o que nos permitiu mostrar todas as nossas capacidades. Este júri trabalha com todo o tipo de música e isso ajudou-nos, claro. Com um júri mais conservador, tinha sido mais difícil”, explicou.

 

O seu companheiro de duo concorda e vai ainda mais longe. “Tudo isto que o Manuel disse é verdade, mas há uma coisa que ainda nos alegra mais: tocámos muitas obras portuguesas e estreámos uma do Daniel Bernardes. É muito importante podermos contribuir para que existam novas peças”, afirmou Paulo Amendoeira.

 

O estudante da Escola Profissional Metropolitana agradeceu ainda à EPM “as condições e o apoio incondicional”. “É muito bom estudar na Metropolitana com os nossos professores e isso é importante destacar neste momento”, concluiu.

 
 
 
 
Metropolitana © 2019
Deseja cancelar a subscrição? Clique aqui
facebook Instagram Youtube