Temporada Barroca

De Veneza a Hamburgo

facebook Instagram Youtube

Programação e Bilheteira

Temporada Barroca


De Veneza a Hamburgo


>Anterior
2019 abr mai jun jul ago set out nov dez 2020 jan
Seguinte
18

MUSEU DO DINHEIRO


De Veneza a Hamburgo

Situadas nos extremos norte e sul da Europa Continental, Veneza e Hamburgo partilham várias características. Historicamente, foram duas cidades portuárias com grande poderio económico, centros cosmopolitas frequentados por gente das mais diversas culturas e interesses. Também coincidem na aposta que fizeram nas artes, como forma de engrandecer os seus ideais e valores cívicos. No tempo de Vivaldi, Veneza já não ostentava a riqueza de séculos anteriores, mas atravessava um momento de grande esplendor artístico. No que respeita à música, tinha na Igreja La Pietà um dos mais dinâmicos centros de atividade. Foi aí que, a partir de 1703, aquele músico escreveu numerosos concertos para serem tocados por professores e alunas do orfanato adjacente. Em sentido inverso, Hamburgo tornara-se então na cidade mais rica da Europa. Em 1678 fora aí construído o primeiro teatro de ópera público que se conheceu fora de Itália. Havia quem lhe chamasse «Veneza do norte», também por causa dos canais de navegação que a atravessam. C. P. E. Bach sucedeu a Telemann em 1768 no cargo de Diretor Musical da cidade. Conviveu então com a elite intelectual da época e compôs algumas das suas melhores sinfonias.

 

 

De Veneza a Hamburgo

Orquestra Metropolitana de Lisboa

 

Sábado, 18 de maio, 21h00, Museu do Dinheiro

[Orquestra Metropolitana de Lisboa na Noite dos Museus]

 

C. P. E. Bach Sinfonia em Mi Menor, WQ 178, H. 653

A. Vivaldi Concerto para Flauta e Violino em Sol Menor, RV 517 (orig. para 2 violinos)

C. P. E. Bach Sinfonia em Sol Maior, WQ 183/4, H. 666

A. Vivaldi Concerto para Flauta e Violino em Si Bemol Maior, RV 524 (orig. para 2 violinos)

C. P. E. Bach Sinfonia em Ré Maior, WQ 183/1, H. 663

A. Vivaldi Concerto para Flauta e Violino em Si Bemol Maior, RV 514 (orig. para 2 violinos)

 

Janete Santos flautaJoana Dias violino

 Alfredo Bernardini maestro