Calendário Geral

Concerto Inaugural

facebook Instagram Youtube

Programação e Bilheteira

Calendário Geral


Concerto Inaugural


>Anterior
2018 out nov dez 2019 jan fev mar abr mai jun jul
Seguinte
23

CENTRO CULTURAL DE BELÉM

Ticketline

Concerto Inaugural

Em 2006, com 79 anos de idade, Mstislav Rostropovich anunciou numa entrevista o fim da sua carreira de violoncelista. Ao cabo de mais de uma centena de obras por si estreadas, entre as quais o 2.º Concerto para Violoncelo do compositor polaco Krzysztof Penderecki – em 1983 –, tinha tocado pela última vez à frente de uma orquestra em junho do ano anterior, no Musikverein de Viena. Aí interpretou, precisamente, a obra Largo do mesmo Penderecki. Trata-se de um verdadeiro concerto para violoncelo e orquestra, com três andamentos atravessados sem interrupções por uma vaga de lamento e comoção. Já Béla Bartók nunca compôs qualquer concerto para violoncelo. Em vez disso, compôs um concerto com uma configuração muito pouco usual. Na vez de um solista, confiou à orquestra um protagonismo partilhado entre os diferentes naipes, exigindo-lhes a destreza técnica de um genuíno virtuoso. Datado de 1943, o Concerto para Orquestra é uma das últimas criações do compositor húngaro. Foi escrita em Nova Iorque, numa altura em que já tinha conquistado uma extraordinária reputação internacional, quer como pianista quer como compositor, mas enfrentava o capítulo mais difícil da sua vida.

 

 

 

Concerto Inaugural

Orquestra Metropolitana de Lisboa

 

Domingo, 23 de setembro, 17h00, Grande Auditório do Centro Cultural de Belém

 

K. PendereckiLargo, para violoncelo e orquestra (estreia nacional)

B. Bartók Concerto para Orquestra, BB 123

 

Adrian Brendel ** violoncelo

Pedro Amaral maestro

 

* Artista Associado da Temporada 2018/2019

** Membro do DSCH - Schostakovich Ensemble | Agrupamento Associado da Temporada 2018/2019